domingo, 26 de julho de 2015

Lenda a aparição


Há anos eu vi uma figura humanoide maliciosa e até hoje tenho pesadelos com ela.

muito legal (12)4 opiniões0 favoritos3049 acessos
Escrevo aqui pois quero ter alguma resposta para algo que vem me incomodando há anos.
 


Tenho uma agonia muito forte em lembrar daquela noite e preciso descobrir do que se trata para tentar entender.
 
Certa noite, estava com minha família em casa, a sala e a cozinha são divididas por uma espécie de balcão na parede, sendo assim, quem está na cozinha tem ampla visão da sala. Eu estava fazendo comida, minha mãe sentada no sofá lendo uma revista. O sofá de frente para a cozinha, logo conversávamos. Em dado momento abri a geladeira ( fiquei de frente para  sofá) e vi atrás do sofá onde minha mãe estava uma figura humanoide, com as palmas das mãos espalmadas na parede e um sorriso. Se via somente metade do seu corpo, outra metade estava atrás do marco da porta que da para o corredor. Não sei se consigo me fazer entender, como se ele estivesse abraçando a parede e olhando pra mim com um sorriso malicioso. Meu cachorro também viu, pois latia em direção ao sofá. Ele não parou de sorrir, ali abraçando a parede atras do sofá, movimentando as mão, alisando a parede. Assim que houve a movimentação na casa, causada pelo meu apavoramento e a possibilidade de haver um intruso, talvez um ladrão( meu pai ficou muito bravo e siau gritando) a figura simplesmente desapareceu. Deixando apenas aquela lembrança horrível daquele sorriso assustador. Usava uma máscara preta justa ao rosto e sua roupa era toda preta. lembro claramente do sorriso malicioso. Minha mãe não viu, meu pai também não, meus irmãos ficaram assustados com o fato de poder ser um ladrão. verificamos os alarmes, tudo estava funcionando normalmente, verificamos as entradas, todas bem fechadas. Temos câmeras nas entradas da casa e vimos as gravações, nada aparece. Todos na minha casa sofrem de terror noturno. E todos os meus pesadelos são com essa figura. Pesquisei e tudo o que encontro são as pessoas sombra, o que não era o caso. Não era uma sombra, era mais palpável do que isso.